O Valor de uma Ideia Genial

Você já teve alguma idéia genial?

Mundo: A Farsa do Crescimento Chinês

Parece cena de seriado, as cidades fantasmas que a China levanta para manipular o PIB do país

Luxo: Conheça tudo sobre a casa mais cara dos Estados Unidos

A vida das pessoas mais ricas do mundo estão aqui no blog para você conhecer de perto.

Mc Donalds

A história da maior e melhor rede de fast food do mundo.

Tecnologia

Conheça tudo o que tem de mais inovador no mundo da tecnologia.

Brilhante Laços

Fábrica de laços e acessórios para cães e gatos.

Patrocinadores

Conheça nossos pacotes e promoções para anunciantes, e leve seu negócio para os milhares de leitores do blog.

sábado, 31 de outubro de 2009

A história do dono de uma casa chamada BAHIA

Samuel Klein (Zaklików, Polônia, 15 de novembro de 1923) é um empresário judeu polonês dono da conhecida rede de lojas de departamento brasileira Casas Bahia.
Começou a trabalhar com o pai como marceneiro até a invasão dos nazistas, quando foi levado para Maidanek pelo pai. Maidanek era o terceiro maior campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial. Klein foi com o pai para Maidanek, enquanto a mãe e os irmãos foram para Treblinka. Foi levado junto com outros prisioneiros para Auschwitz em 1944, após a libertação da Polônia.

Caminharam 50 quilômetros a pé até o rio Vizla (maior rio da Polônia). Fugiu dos soldados numa tentativa ousada no dia 22 de Julho. Suas palavras: "Fui me escondendo e entrando no trigal cada vez mais. Não sei para onde estava indo, mas tinha a certeza de me afastar do grupo."

Islandeses invadem McDonald's para comer hambúrguer, antes do fechamento

"Não foi fácil tomar a decisão" - declarou Ogmundsson, o proprietário.

Na Islândia, todos os produtos das lojas McDonald's são importados.
 


Centenas de consumidores invadiram neste sábado (31) as três lojas da rede McDonald's de Reikjavik (Islândia), poucas horas antes de seu fechamento definitivo, para degustar pela última vez os célebres hambúrgueres, comprovou um correspondente da AFP.


As filial da rede McDonald's da Islândia vai fechar as portas devido à situação causada pela derrocada econômica da ilha, que se tornará, assim, num dos raros países da Europa Ocidental desprovido da célebre marca de "fast food".

"Não foi fácil tomar a decisão", declarou à AFP Jon Gardar Ogmundsson, o proprietário da Lyst - operadora dos dois restaurantes McDonald's na Islândia, que encerram suas atividades neste 1º de novembro.
Na Islândia, todos os produtos oferecidos nas lojas McDonald's são importados, uma vez que o mercado é muito pequeno para atender à demanda.

Até recentemente, esses produtos vinham da Alemanha, mas seus custos duplicaram desde o desabamento da moeda local, a coroa islandesa. Desde março de 2008, o valor do euro aumentou 80% em relação à coroa islandesa.


-----------------------------------------------------------
Apoio:



quarta-feira, 21 de outubro de 2009

A Apple brasileira. Conheça o MAC 512.

Você já ouviu falar do computador MAC 512? Não, ele não é um modelo de PC da empresa norte-americana Apple. É um "clone" do famosso Macintosh, criado no Brasil.
O Mac 512 da empresa brasileira Unitron Eletrônica foi o primeiro clone do Macintosh produzido no mundo. A máquina era uma cópia quase exata do Fat Mac (um Macintosh com 512 KiB de RAM lançado em setembro de 1984) e seu desenvolvimento começou em 1985, ou seja, apenas um ano depois do lançamento do Mac original. Jamais chegou a entrar em produção comercial por ingerências da Apple Computer e do governo estadunidense, que se queixaram de violação de direitos autorais junto ao governo brasileiro.

Coca Cola vende menos, mas lucra mais.

Entre as maiores empresas do mundo, a Coca-Cola vem a cada ano melhorando seus resultados, desde o primeiro dia da invenção de uma bebia que revolucionou o planta e fez história
Entre outras histórias das maiores empresas do Brasil e do mundo, a da Coca-Cola já foi contada AQUI no Blog Colunas de Hércules.




Hoje a Coca-Cola divulgou resultados de vendas abaixo do previsto, mas o lucro cresceu
Receita operacional líquida caiu 4%, para US$ 8,04 bilhões.
Lucro líquido subiu ligeiramente, para US$ 1,90 bilhão.
Como isso é possível vender menos e lucrar mais?

Isso ocorreu porque o crescimento da companhia nos mercados em desenvolvimento, como Índia e China, está ajudando-a a resistir a uma desaceleração nos Estados Unidos.


O volume no terceiro trimestre aumentou 7% na América Latina, 6%na região do Pacífico e 2% na África e Eurásia. Na Europa, o volume recuou 2%, enquanto na América do Norte encolheu 4%.

A maior fabricante de refrigerantes do mundo informou que o lucro líquido subiu ligeiramente para US$ 1,90 bilhão, ou US$ 0,81 por ação, contra US$ 1,89 bilhão, ou US$ 0,81 por ação, no mesmo período um ano antes.


Não Deixe de Comentar
-----------------------------------------------------------
Apoio:



Lucro do Yahoo! vai a US$ 186 milhões e supera estimativas

Empresa de internet tem resultado melhor após demissões.
Ganho maior vem apesar de faturamento 12% menor.
 


lucro do Yahoo! atingiu US$ 186,1 milhões no terceiro trimestre deste ano, o que equivale a US$ 0,13 por ação. O resultado é mais do que o triplo dos US$ 54,3 milhões apurados um ano antes, que representaram US$ 0,04 de ganho por ação.



A melhora do resultado está relacionada ao corte de custos promovido pela empresa, que demitiu cerca de 2 mil pessoas no ano passado.



O crescimento da lucratividade ocorreu a despeito da queda na receita do portal de internet e sistema de buscas. O faturamento somou US$ 1,57 bilhões de julho a setembro, baixa de 12% ante os US$ 1,79 bilhão verificados no terceiro trimestre de 2008. A receita líquida, que desconta as comissões pagas a parceiros de publicidade, caiu de US$ 1,32 bilhão para US$ 1,13 bilhão na mesma comparação


 
O desempenho superou tanto as previsões de lucro, da ordem de US$ 0,07 por ação, como da receita, cuja estimativa era de US$ 1,12 bilhão. As ações da companhia, que haviam fechado em queda de 0,29%, a US$ 17,17 registravam há pouco aumento de 2,85% no after-market, a US$ 17,65.


Para o trimestre corrente, a empresa estima receita de US$ 1,6 bilhão a US$ 1,7 bilhão. O diretor-financeiro da empresa, Timothy Morse, avalia que o mercado está se estabilizando e que a previsão é de ter um trimestre sólido.


-----------------------------------------------------------
Apoio:




quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Atendimento em Call Center e Contact Center

Eu recebi por e-mail do Blog do Mario Persona essa entrevista que ele deu, achei interesante compartilhar com vocês, são dicas e estrat;egias importantes para melhorar o relacionamento e a fidelidade de seus clientes, utilizando as ferramentas disponiveis nos serviços de Call Center e Contact Center.


Qual a diferença entre call center e contact center?
R: A resposta objetiva que gera satisfação do cliente e faz do Call Center e da estratégia de CRM uma ferramenta de lucratividade, amplia o conceito do "Call Center" para o "Contact Center". Este vai além do tradicional Call Center e agrega canais de telefonia, e-mail, chat online, voz sobre IP e multimídia. Em uma sociedade com poder de acionar a cadeia produtiva, é importante saber que é o cliente quem escolhe o meio de contato. Cabe à empresa estar preparada para atendê-lo da forma como ele desejar. Isto já é um diferencial "pull" para o cliente, onde ele decide como ser atendido, ao contrário do normal "push" onde a empresa empurra o que tem.

Qualquer tipo de empresa pode estruturar um call center, independentemente de seu porte, ou o melhor é terceirizar?

R: As empresas passam por uma das maiores e mais rápidas reestruturações de sua história. Novas formas de auto-atendimento e a relação "pull" que o cliente passou a ter com a empresa estão dando ao consumidor um poder de influenciar a linha de produção como nunca visto antes. A chave para se manter clientes e conquistar novos mercados está na satisfação do cliente e sua aderência aos serviços prestados pela empresa. Por pior que seja uma crise, um atendimento que gere uma experiência de satisfação é a melhor forma de se arraigar uma marca na mente de um cliente. Marcas são impressas por experiências marcantes de satisfação. Quando a equipe que ocupa a linha de frente e tem o contato mais íntimo com o cliente se transforma em sinônimo de confiança, boa parte do negócio está garantido.

Qual a importância de se desenvolver um sistema de telemarketing e um canal de relacionamento com o consumidor?

R: Saber o que seus clientes desejam, esperam, gostam ou odeiam é essencial para a sobrevivência e sucesso das empresas. Monitorar estes índices e responder a eles para gerar retenção e lealdade, é a base de qualquer programa de relacionamento com o cliente. Nenhum software de CRM (Customer Relationahip Management), sistema de Call Center, dispositivo de IVR (Interactive Voice Response), auto-responders por e-mail, chat ou o que inventarem poderá ajudar uma empresa se não existir um comprometimento da equipe. A satisfação do cliente começa com a empatia de quem o atende. Vai muito além de se colocar o foco NO cliente, mas sim de se adotar o foco DO cliente.

Quais são as dicas que os pequenos e médios varejistas devem seguir para oferecer um bom atendimento ao consumidor não só dentro da loja?

R: Atender melhor para vender mais. Este é o objetivo do atendimento, incluindo o Call Center, na empresa. E atender é uma atividade tanto interna, onde somos clientes uns dos outros, quanto externa, onde cativamos aqueles que são a razão da existência da empresa. Em uma época em que a tecnologia concede grande poder ao cliente, é preciso entender como atender melhor. A chave para manter e conquistar o cliente está em se criar na mente das pessoas uma experiência de satisfação. Quando cada funcionário de uma empresa consegue completar a imagem que o cliente traz incompleta em sua mente, cria-se um relacionamento que gera satisfação. A partir daí boa parte do negócio está garantida.

Como o empresário deve gerir seu grupo de colaboradores de forma a oferecer um bom atendimento ao consumidor no ponto-de-venda e em outros canais de comunicação com o consumidor?

R: Com as novas formas de tecnologia, antigos valores começam a ser resgatados, como a simples conversa de humano para humano, ou a correspondência, que foi da carta ao e-mail e continuou a mostrar que há pessoas que preferem se comunicar na forma escrita. A empresa deve entender e atender isso. O que a tecnologia permite de forma muito melhor hoje é monitorar informações e responder às expectativas mais rapidamente. Mas é importante ter em mente que tecnologia não é sinônimo de melhoria, se não levar em conta as particularidades humanas do processo. E estamos falando de contato humano quando falamos em Call Center e atendimento ao cliente.

No passado o contato humano era mais simples e próximo. A mesma tecnologia que permitiu o afastamento das pessoas e a comunicação mesmo assim, agora resgata a proximidade, ainda que virtual, para trazer de volta o prazer do contato pessoal. Empresas que percebem isso ganham mais confiança e transformam o atendimento em experiência agradável e recompensadora para ambas as pontas.

É importante que as empresas entendam que o atendimento começa pela liderança, ou não haverá reciprocidade nas partes mais importantes, que são as que estão em contato direto com o cliente. Quando satisfação do cliente não passa de um discurso, operadores aprendem a discursar e o resultado nem é preciso descrever. Como tudo na vida, a regra número um do atendimento é o bom senso e talento em demonstrar atenção e comprometimento. O lucro de uma empresa vem de conquistar e manter clientes, portanto nada mais lógico do que investir em Call Center e atendimento, a interface natural nesse processo de ganhar-reter-reconquistar clientes.

Uma boa estratégia de atendimento em Call Center cria fidelização, um objetivo comum hoje, já que fidelização é resultado de satisfação que, para a empresa, significa lucratividade e ampliação de seu wallet-share. Fidelidade se consegue com consistência, não apenas com tecnologia, por isso as empresas mais bem-sucedidas em atendimento são aquelas que identificam as áreas que possam estar se deteriorando e mantêm uma política de treinamento constante e capacitação da equipe. Isso inclui dar liberdade para o colaborador resolver problemas é trabalhar sem gesso.


-----------------------------------------------------------
Apoio:



domingo, 11 de outubro de 2009

História de R$700 milhões do site brasileiro Buscapé

A compania sul-africana Naspers Limited, o maior conglomerado de mídia do continente africano, anunciou hoje a compra da empresa brasileira de tecnologia BuscaPé, cujo principal serviço é o site de comparação de preços com o mesmo nome. O grupo comprou 91% das ações da compania brasileira por US$ 342 milhões (equivalente a R$ 612 milhões), tornando-se acionista majoritário.

Um sonho dos estudantes fundadores do site Buscapé atingiu o alge no mês passado.
O BuscaPé começou em 1999, fundado por quatro estudantes da USP. Em 2005 a companhia se fundiu com o então concorrente BondFaro. Atualmente o serviço é usado em mais de 100 grandes portais na América Latina como principal ferramenta de comparação de preços.

Antonie Roux, diretor da divisão de internet da Naspers, disse que “o BuscaPé nos dá um negócio com crescimeto rápido alinhado ao nosso foco no e-commerce”. Curiosamente, essa não é a primeira compra do grupo no mercado brasileiro: a Naspers também é dona de 30% da Editora Abril.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Olímpíadas Rio de Janeiro 2016, um bom negócio para o país?

O Rio de Janeiro vai sediar os Jogos Olímpicos de 2016. O anúncio foi feito às 13h50 desta sexta-feira (2/10), em Copenhague. A Cidade Maravilhosa concorreu com a espanhola Madri, depois que Chicago e Tóquio foram eliminadas na primeira rodada de votação, realizada por eleitores do Comitê Olímpico Internacional (COI).


A decisão carimba o Rio de Janeiro como a primeira cidade sul-americana a sediar uma Olimpíada
 
E qual a sua opinião sobre isso? Um evento desse porte será bom para o Brasil?




O Brasil anunciou que ira gastar cerca de 14 Bilhões de dólares para promover o evento. Qual o retorno para nós, haverá lucros partindo desse investimento?

Lucro direto para o Brasil como um todo acredito que não, mas as olimpíadas significam muito mais que isso, muito mais do que um investimento do governo e iniciativa privada visando retorno já no ano e no próximo.


como disse o nosso presidente, o Brasil com as olímpíadas conquistou definitivamente uma cidadania entre os países do mundo, um evento como esse e como a Copa de Futebol, leva o nome do país e de empresas nacionais para fora, exporta além de produtos e serviços, também a nossa cultulra, atraindo turistas, abrindo portas, investimentos, infraestrutura, etc.

Lucro imediato no ano dos jogos e no próximo?

Impossível nos dias atuais, mas vale a pena como um todo sediar um evento como esse, não é a toa que é tão disputado pelos países do mundo inteiro e apoiado pelas maiores empresas.

Há espectativa do país atrair 500 mil turistas só por causa das olimpíadas isso é 10% do que o país recebe em um ano todo.

15 mil jornalistas para levar o nosso Brasil para todo o planeta

França, Alemanha e Coréia na Copa tiveram aumenta em seu PIB (1,3%, 3,1% e 1,7%). Japão teve decréscimo.

Os EUA tiveram lucros no mesmo ano na Copa e nas 2 Olimpíadas que realizaram, pois não utilizaram dinheiro publico, praticamente toda a infra-estrutura necessária já estava pronta e o que faltava foi coberta pela iniciativa privata.

Acredito que os dois eventos esportivos (Copa e Olimpíadas) serão bons como um todo para o Brasil, melhorias na segurança pública, infra-estrutura, geração de empregos, exploração do Turismo, etc. Cerca de 100 mil empregos são gerados nos anos seguintes após um evento desses.

É certo que o País gastará muito para a realização dos jogos, mas podemos ver o lado bom que a maior parte dessa verba será gasta aqui em nosso território, com melhorias para as cidades que serão sedes.
-----------------------------------------------------------
Apoio:



TOP 10 POSTAGENS MAIS LIDAS

Receba nossos artigos por e-mail:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More