O Valor de uma Ideia Genial

Você já teve alguma idéia genial?

Mundo: A Farsa do Crescimento Chinês

Parece cena de seriado, as cidades fantasmas que a China levanta para manipular o PIB do país

Luxo: Conheça tudo sobre a casa mais cara dos Estados Unidos

A vida das pessoas mais ricas do mundo estão aqui no blog para você conhecer de perto.

Mc Donalds

A história da maior e melhor rede de fast food do mundo.

Tecnologia

Conheça tudo o que tem de mais inovador no mundo da tecnologia.

Brilhante Laços

Fábrica de laços e acessórios para cães e gatos.

Patrocinadores

Conheça nossos pacotes e promoções para anunciantes, e leve seu negócio para os milhares de leitores do blog.

domingo, 31 de maio de 2009

O que a Copa do Mundo trará de bom pro Brasil ?

Eu como a maioria dos brasileiros, sou um grande fãn do futebol, corinthiano, e em 2014 a Copa do Mundo será aqui em nosso país.

Então achei interessante em criar uma coluna sobre a Copa, mas claro que com uma visão lucrativa sobre esse que é o maior evento do mundo e movimenta muito capital, meche com todos os setores da economia, gera empregos, grandes construções, inovações, novos produtos, novas parcerias, patrocínios, turistas, reformas publicas, aumento de PIB, etc..


O meu medo é que o Brasil organizará (ou pelo menos tentará organizar) uma Copa do Mundo sem nunca ter conseguido se organizar em áreas sociais básicas!

Quantos turistas o país pode receber?
A expectativa é que em um mês 500 000 turistas – 10% do total que o país recebe em um ano inteiro – acorram às cidades onde acontecerão os jogos. Em 1994, os EUA receberam 400.000 turistas; a França, em 1998, 500.000; o Japão, em 2002, 400.000; e a Alemanha, por conta da sua localização geográfica, bem no centro da Europa, recebeu 2 milhões de turistas. A previsão para 2010 é que 250.000 turistas vão à África do Sul. O campeonato atrairá ainda 15.000 jornalistas, 15.000 voluntários para tarefas diversas e 300 funcionários e convidados da Fifa, cuja lista de exigências ao país organizador inclui jatinhos, limusines e 400 automóveis.

Quanto o país vai gastar para receber o evento?

Calcula-se que o Mundial de Futebol do Brasil consumirá 5 bilhões de dólares, embora as estimativas finais, quando anunciadas, devam prever cifras bem maiores. Foi o que aconteceu nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro. Inicialmente orçados em 500 milhões de reais, estima-se que tenham consumido 4 bilhões de reais. Poucos países podem fazer como os Estados Unidos, que organizaram uma Copa do Mundo (em 1994) e duas Olimpíadas (em 1984 e 1996) sem um centavo de ajuda do erário. Isso porque toda a infra-estrutura estava pronta. Na Alemanha, o setor público (local ou federal) financiou um terço dos 2 bilhões de dólares gastos nas obras nos estádios.
.
Qual o retorno para o país após o evento?
.
As estimativas sobre número de turistas, geração de empregos e impacto do evento sobre o PIB em geral são exageradas. Levantamentos dão conta de que em 1994 os EUA aumentaram em 1,4% o PIB; em 1998, na França, o PIB cresceu 1,3% a mais; em 2002, a Coréia o elevou em 3,1% enquanto o Japão teve decréscimo de 0,3%; e a Alemanha teve 1,7% a mais no PIB em 2006. Mas antes do Mundial da Alemanha, falou-se na criação de 100.000 empregos. Um estudo feito depois do evento contabilizou apenas metade desse total. A Coréia do Sul esperava 500.000 turistas a mais em 2002. Só apareceram 50% deles.

Espero que se o Brasil não levar essa taça, pelo menos gere tantos empregos e atraia tantos turistas como está previsto pelos organizadores responsáveis

Como mudar a política do Brasil ?


A Cara do Povo


Você acha que só existe político ladrão?
Você já se perguntou se alguma vez a política brasileira foi boa? Algua vez deixou de ter escandalos de corrupção?
Nunnnncaaaa...
E isso simplesmente porquê quem está no poder somos nós, brasileiros, corruoptos por natureza, é duro aceitar, mas a política de nosso país é somente o reflexo de nossa cultura.
Os políticos brasileiros são "a cara do povo" e isso incomoda a população, que não quer se ver espelhada em seus eleitos. 'A cara do povo', que inclui a mentira e a corrupção, não é a 'cara do outro', mas é a 'cara' de nós mesmos". Os eleitores votam pensando em seus interesses privados e, com isso, elegem políticos com a mesma lógica de conduta.
Os políticos são a cara do povo, por mais que não gostemos de nos ver espelhados assim. Eles representam as classes dirigentes, os industriais, os banqueiros, os intelectuais, os operários, os agricultores, a juventude, os homens e as mulheres.
Essa imagem de corrupto e mentiroso não retrata um individuo e sim uma coletividade cultural. Por isso, de certa maneira, a crítica aos políticos deveria servir para uma auto-avaliação, o que normalmente não é feito.
Pesquisa recente indica que boa parcela da população brasileira diz que agiria da mesma maneira (dos políticos) se tivesse cargo público, ou seja, cuidaria dos interesses privados. A atitude de muitos políticos estaria reproduzindo a falta de espírito ou interesse público da população. E isso também se revela no hábito arraigado de "tirar vantagem em tudo", no descumprimento de tantas normas no comportamento público, a começar pela sonegação de impostos, pela busca de auxílio do Estado e dos políticos quando se precisa de um favor ou de um privilégio.


No entanto, tal atitude de políticos não se torna correta ou legítima simplesmente porque a população age da mesma forma. Como nem tudo o que é legal é moralmente correto, é importante entender o que está acontecendo para evitar o julgamento imediato e dizer que toda a política e todos os políticos são maus do ponto de vista ético e que o cidadão é passivo ou bom em tudo o que faz.

É evidente que os homens e mulheres públicos devem ser os primeiros encarregados para que o interesse público prevaleça sobre o privado e não o contrário. Por isso, neste caso, o maior erro legal e moral é dos políticos. É ruim ficar sem saída neste círculo historicamente vicioso. É importante que alguém tenha a ousadia e a coragem de quebrar a lógica dominante.

Partindo do pressuposto que o voto também é um tipo de opinião pública, por que o eleitor elege candidatos envolvidos em escândalos ou denúncias?

Quer mudar a política do Brasil ? Comece mudando a si mesmo e as pessoas que o rodeiam.

VOTE TOP BLOG, CLIQUE NO BANNER E AJUDE O COLUNAS DE HÉRCULES

sábado, 30 de maio de 2009

Campanha do Agasalho 2009

Uma Campanha que pegou ! O blog Colunas de Hércules apoia essa iniciativa maravilhosa. Você já doou aquela blusa que você guarda, mas não usahá anos? Ela poderá aquecer uma criança que vive com frio nesse inverno. Colabore e ganhe, além de mais um espaço no seu guarda-roupas, mais um espaço no coração quentinho de alguém...


video
Campanha do Agasalho é uma iniciativa do Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural do Estado de São Paulo, tendo como parceiros todas as Secretarias de Estado, empresários e a sociedade civil.
A Presidente do FUSSESP, Monica Serra, com o apoio dos diversos segmentos da sociedade planeja estratégias, estabelece locais de arrecadação e coordena ações para ajudar milhares de famílias carentes a enfrentar o inverno com mais segurança, dignidade e calor humano.
As doações são encaminhadas às entidades assistenciais cadastradas, hospitais, albergues da Capital e de todos os Municípios do Estado de São Paulo.


Contato para informações:

(11) 2588-5738 ou pelo fax (11) 2588-5999.
Visite: http://www.campanhadoagasalho.sp.gov.br/

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Tora Tora O Futuro do Supermercado

A TECNOLOGIA APLICADA AO VAREJO
INOVAÇÃO E JUVENTUDE PROMOVEM REVOLUÇÃO EM HÁBITOS DE CONSUMO

A Tora Tora é o futuro do supermercado, mas é o futuro agora. Jovens brilhantes contaminados com o vírus da inovação tecnológica, associaram-se ao Dr. Negociação e fundaram a TORA TORA, daí para a frente a história do supermercado mudou, pois start’up é o marco zero de uma mudança radical na relacao varejo/consumidor.
A empresa chamou a atenção de players estratégicos e novos sócios entraram no negócio, o empresário do ensino Paulo Sakamoto (depois vendeu sua participação na Faculdade Brasília, com a assessoria do Dr. Negociação) e a empresa de tecnologia NetFidelidade, entraram firmes no negócio.

Porque tanto interesse? Leia a entrevista do Presidente Rogério Alan Cruz e conclua você mesmo:

A Tora Tora facilita a vida do consumidor moderno, explique como?
Com certeza, pois os consumidores modernos estão com o seu tempo cada vez mais escasso e caro. E também o não moderno. É por isso que a Tora Tora tem a filosofia de levar o Supermercado até o cliente, e não esperá-lo ir ate o supermercado e/ou varejo em geral, onde quer que ele esteja, qualquer que seja hora. Com o Sistema Evolua conseguimos permitir o consumidor mantenha seus horários e fazer diversas compras sem se preocupar em alterar seu itinerário. Ele pode fazer compras e manter seu ritmo sem preocupações.
Por exemplo: Aqui mesmo em Alphaville muitas pessoas já se depararam com uma situação desagradável de ter que ir fazer compras sabendo que o transito está de matar. Ou até ter que fazer sua Diarista parar com seus afazeres para ir ao mercado, fora do condomínio levando muitas vezes até horas para completar esta tarefa, enquanto ela poderia ter feito compra ali mesmo em um Terminal da Tora Tora no próprio Condomínio de forma segura e prática e voltar rapidamente para os afazeres domésticos.
Ou até mesmo aquela senhora que trabalhou o dia todo e o único tempo de lazer que ela tem é voltar do trabalho correndo para pegar a novela das 8hrs. Uma ida ao supermercado mais próximo de sua residência custaria esse seu sagrado lazer, e ir à mercearia ali perto custaria no seu bolso por terem preços mais salgados e menos opções.
As vantagens são infinitas, poderíamos ficar horas aqui ilustrando exemplos.

Rogério, há uma guerra entre supermercados locais e as grandes redes. A Tora Tora é uma arma de combate do varejista à grande rede multinacional. Como funciona esta arma?Se você observar que todas grandes redes multinacionais definiram metas para o mercado brasileiro, e considerando que são empresas que faturam centenas de bilhões de dólares, uma delas até foi a empresa que mais faturou no mundo todo ano passado, você perceberá que todas grandes, médias e pequenas redes nacionais fizeram as contas, juntaram “2+2 são 4″ e perceberam que ou alguns terão que falir, ou serem engolidos ou a última alternativa: “Engolir os concorrentes”. Pronto, daí foi declarada a Guerra no Varejo, pois sabiam claramente que, na reunião anual do conselho internacional do grupo Wal-Mart em New York que discutia a decisão de tomar o mercado brasileiro até com prazo definido, eles não estavam brincando. Dentre outras redes multinacionais que decidiram o mesmo alguns anos atrás.
Estamos vivenciando até uma guerra entre pequenas redes regionais como está acontecendo em Marília/Bauru no interior do Estado de São Paulo, onde encontramos os concorrentes abrindo grandes lojas encostadas umas das outras, tamanha rivalidade entre as duas empresas. Uma é a líder da Baruru e outra de Marília, e quando uma decidiu entrar no espaço regional da outra iniciou uma série de abertura de novas lojas, cada uma pretendendo entrar na cidade natal da outra.
A Tora Tora tem a arma ideal pra quem quer combater a concorrência, seja ela a grande rede multinacional, aquela rede regional que está roubando seus clientes, ou até mesmo aqueles mercadinhos tradicionais que estão espalhados por todos lugares onde sua rede não alcança. O inverso também é valido, com o varejista tradicional combatendo as redes varejistas.
O varejista poderia, por exemplo, espalhar nossos terminais de auto-atedimento por toda uma região, condomínios, prédios residenciais etc, onde seu concorrente tem o domínio. Assim o varejista ficará com uma parte da clientela do seu concorrente sem ter precisado investir capital em uma nova loja, gastos com funcionários, etc. Com o Sistema Evolua o varejista poderá ampliar seu market-share sem a necessidade de investir em novas unidades. Como é uma tecnologia viral, que pode ser espalhada e alcançar qualquer local, não tem muito o que o concorrente possa fazer para impedir que roubemos seus clientes. Arma perfeita para quem necessita garantir seu negócio e ampliá-lo de forma efetiva, sem contar o marketing que tudo isso gera para o varejista.

Rogério, o varejista tradicional já incorporou as perdas por violação de embalagens, perdas da manipulação inadequada dos produtos dentro do supermercado? Já se acostumou a retirar de seu lucro ou transferi o preço para o consumidor final?Sim, é incrível como os Super/Hipermercados no Brasil trabalham com margens de perdas. Representam uma fatia maior até que a dos lucros dos mesmos. Em média perdem 2% do faturamento e os lucros representam entre 1,6 à 1,8% do faturamento.
Até o próprio estoque trabalha com margens de perdas, desvios, etc.
Isso causa uma pressão grande em relação aos preços dos produtos e faz com que os varejistas tenham uma cultura de sempre estarem repassando qualquer alteração de custo para o cliente para proteger seu lucro, que é bem apertado pelas perdas, prática que se tornou uma constante e não uma variável.
Se o Petróleo sobe na bolsa de New York o pão francês aqui no supermercado no Brasil sobe também. Relação estranha, mas é esse tipo de coisa que costuma acontecer aqui no varejo nacional. Obs: Quando o Petróleo despenca aqui os preços continuam os mesmos ou ainda até sobem, pois é sinal de crise.
Eliminando essa pressão histórica que as perdas exercem no varejo, conseguiremos mudar esse comportamento. E a Tora Tora já tem a solução definitiva para isto
Visitem: http://www.toratora.com.br/ e conheça o supermercado do futuro.

Vendas em supermercados crescem 6,6% em abril, aponta Abras

Valor da cesta de 35 produtos mais consumidos subiu 0,4% no mês.Resultado de abril foi influenciado pela Páscoa, segundo associação.

As vendas reais dos supermercados cresceram 6,6% em abril ante março, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (28) pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Em relação a abril do ano passado, as vendas subiram 16,9%. No primeiro quadrimestre de 2009, o indicador aponta alta de 5,7% nas vendas, em relação a igual período de 2008. Os números estão deflacionados pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Segundo a Abras, as vendas de abril de 2009 apresentaram uma alta acentuada a comparação com igual mês de 2008 porque o período deste ano teve Páscoa.

No acumulado deste ano, a entidade destaca a retomada de um faturamento em nível mais alto, mesmo crescendo em um ritmo inferior ao do ano passado. Segundo a Abras, trata-se de um bom desempenho, levando-se em conta o cenário econômico mundial.


Cesta de Produtos

€O valor da cesta de 35 produtos considerados de largo consumo subiu 0,4% no mês passado ante mês anterior, para R$ 258,78. Já em relação igual período de 2008, a alta foi de 8,6%.

Os produtos da cesta que registraram as maiores altas foram batata (+18,75%), açúcar (5,12%) e leite longa vida (3,82%). Já as maiores quedas foram do feijão (-11,15%), cebola (-5,36%) e queijo mussarela (-3,8%).

A Abras divulgou também o índice de volume de vendas, que apresentou aumento de 0,7% no primeiro quadrimestre de 2009.

No período, as maiores altas foram de bebidas alcoólicas (5,9%), não alcoólicas (3,8%), perecíveis (2%) e material de limpeza (1,3%). Já as principais quedas ficaram com higiene, saúde e beleza (-2,9%), mercearia salgada (-1%) e mercearia doce (-0,7%).

terça-feira, 26 de maio de 2009

Campanha: Não Reeleja Ninguém

O Blog Colunas de Hércules apóia essa iniciativa dos jovens brasileiros, o verdadeiro futuro desse imenso país que precisa de constante renovação...
Não vamos reelejer ninguem, nenhuma pessoa é tão competente para ficar no poder do Brasil por décadas.
Além de tirarmos os conhecidos corruptos que sempre estão com algum cargo político, vamos dar a chance sempre a uma nova geração de políticos, assim eles não terão tempo de criar influencias, acordos com empresas e isso evitará muita sujeira que corre por dentro da nossa política.



Pode mudar a forma ou intensidade, mas a indignação está sempre presente dentro do peito de cada brasileiro. Afinal, aqui os congressistas não sabem o valor do salário mínimo e ainda riem diante da sua própria ignorância. Está cada vez mais difícil aguentar os fanfarrões liderados por Temer e Sarney.

Acredito piamente que esta indignação- cozinhando na panela de pressão já há alguns anos, talvez décadas- uma hora pode sair de forma surpresa.

Uma delas, talvez como sugere o panfletinho eletrônico que circula cada vez com mais intensidade na internet: não reeleja ninguém!

É uma idéia radical. Será que é capaz de dar um sustinho nos caras-de-pau que habitam o oceano de carpetes, mamatas e ar-condicionado do Congresso Nacional? Resta uma dúvida: se não reelegermos ninguém, vamos eleger quem? Mesmo aderindo a essa iniciativa, continue a analisar, a pensar bem para escolher o seu candidato, se conscientize da importância do seu voto, pois mesmo tomando a atitude mais radical e extrema para demonstrar a nossa indignação é crucial preservar a instituição Congresso Nacional- uma conquista democrática que levou décadas, senão séculos para ser formulada.

Se você concorda , espalhe essa idéia !
Fontes:
Blog do Marcelo Tas do CQC

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Sacolas Ecológicas


Uso de sacolas ecológicas rende desconto em padarias e mercados
Bolsas retornáveis e caixas são alternativas às sacolas de plástico.Supermercado lança campanha para conscientizar consumidor.
O uso de sacolas ecológicas, em substituição aos sacos plásticos, está rendendo descontos em vários estados. No Brasil, são distribuídas 1 bilhão de sacolas plásticas por mês nos supermercados. Cada uma leva até 300 anos para se decompor.


Em Curitiba (PR), até padaria aposta na onda verde para convencer o consumidor a usar sacolas ecológicas. "Já vendemos mais de mil sacolas”, diz o gerente Pedro Farinha. Em uma rede de supermercados, quem abrir mão das sacolas de plástico ganha descontos na boca do caixa. “A cliente que é consciente, levando em caixinhas de papelão, ou embalagem retornável, ganha desconto de R$ 0,03 a cada cinco itens", explica a caixa.
ideia vem sendo testada pela empresa no Nordeste e rendeu R$ 70 mil em descontos. “Já deixaram de ser consumidas em torno de 2,3 milhões de sacolas”, contabiliza o diretor de operações Elton Brito. A campanha em uma rede de supermercados, em São Paulo, começou em 2005. Já foram vendidas quase 700 mil sacolas retornáveis. Mas consumidores que ainda não se habituaram ao uso têm lá suas razões. “Acho complicado, porque faço sempre compras grandes. Fica difícil trazer a própria sacola”, justifica a paisagista Ana Lucia Marguti. Logo a rede percebeu que apesar das sacolinhas agradarem, elas não retornavam aos supermercados. O consumidor deixava em casa, guardada. Foi aí que nasceu a ideia de premiar quem se lembrasse da sacola nas próximas compras. O cliente vai acumulando pontos e troca por descontos. Só no mês passado, 100 mil sacolinhas de plástico deixaram de ser usadas nas lojas da rede. “É preciso instituir uma nova tecnologia de coleta de resíduos que dê conta de se poder descartar da cozinha das pessoas até o caminhão de coleta de resíduos sem o uso de sacolas plásticas”, alerta a diretora do Instituto Polis Elisabeth Grimberg. Em um única rede de supermercados de São Paulo, mais de 30 mil pessoas usaram a sacola retornável no mês passado.

domingo, 24 de maio de 2009

Empresa de quintal fatura R$ 10 milhões

Hoje, 12 anos depois de começar a importar eletrodomésticos da Itália, Diamantino Netto emprega 26 pessoas e fatura mais de R$ 10 milhões
 

Aos 45 anos de idade, depois de trabalhar desde os 23 em empresas de exportação, Diamantino Netto foi demitido. A empresa do ramo de fogões da qual era funcionário havia sido vendida para uma multinacional.

Era a primeira vez que ele ficava desempregado e, pouco tempo depois de começar a procurar emprego, descobriu que era considerado velho para o mercado. Netto não desistiu e resolveu abrir seu próprio empreendimento na mesma área que já tinha larga experiência: eletrodomésticos. Seu primeiro passo foi ir a uma feira do setor na Alemanha, pois acreditava que ali haveria mais oportunidades de negócios.

Sua intuição não lhe traiu: antes mesmo de chegar ao local do evento, encontrou um amigo com uma proposta de negócio. A Elettromec, uma empresa italiana de eletrodomésticos, estava à procura de um representante de vendas no Brasil.

Assim que retornou da viagem, retirou a televisão da sala de sua casa e abriu lá mesmo seu escritório, uma representação da Elettromec no Brasil. Logo de início, a rotina doméstica atrapalhava o andamento da empresa, pois havia somente uma linha telefônica, e todos - a esposa, os filhos, a empregada – atendiam os telefonemas, atrapalhados, muitas vezes, pelos latidos do cachorro de estimação.

Netto precisava economizar tanto dinheiro nessa época que trabalhava três turnos. Um dos motivos? Aproveitar os horários de menores tarifas para fazer as ligações interurbanas.
Devido a esses e outros empenhos, ele conseguiu juntar algum recurso e comprou mais duas linhas telefônicas, exclusivas para o escritório, e contratou uma estagiária para atendê-las.
Com o aumento dos pedidos, ele sentiu a necessidade de ter mais uma funcionária. Depois de cerca de um ano no local, a sala ficou pequena demais para a equipe e eles se transferiram para um galpão alugado.

De representante de vendas a importador
Netto percebeu que havia demanda para os produtos da Elettromec no Brasil, mas sabia que os interessados, em sua maioria refinadas lojas, não queriam lidar com os trâmites da importação.

Por isso, em um encontro com os empresários italianos da Elettromec, Netto pediu que eles lhe dessem um contêiner pequeno com eletrodomésticos, o qual ele pagaria após a venda. Para postergar o pagamento das taxas de importação, ele colocou as mercadorias recebidas em uma alfândega seca, onde os impostos só são pagos a cada retirada de produto.

Transportou cada peça vendida com seu carro. Nesse sistema, foi preciso três meses para vender tudo e finalmente quitar seu primeiro contêiner. Desde então ele não parou mais de importar.

Hoje, 12 anos depois de abrir o escritório na sala de sua casa, a empresa tem sede própria, paga - “Graças a Deus” – o salário de 26 funcionários e importa mais de 60 contêineres por ano. Em 2008, a Elettromec Brasil cresceu 20% e faturou mais de R$ 10 milhões.
A empresa também já não negocia mais somente com a homônima italiana, apesar de manter a marca depois de um acordo. Hoje, vende produtos de mais outras três fabricantes do mesmo país.

Recentemente, para ampliar o mercado e fazer frente à crise financeira, Netto passou a importar da China produtos para classes mais baixas e pretende colocar sua nova marca, a Mira, nas grandes redes varejistas populares no segundo semestre deste ano. A nova linha já corresponde em volume por mais de 50% das vendas, embora o segmento mais luxuoso ainda fature mais.

Para 2010, Netto pretende iniciar fabricação própria em busca de liderança no segmento.

sábado, 23 de maio de 2009

O Funcionário Brasileiro

Todas as colunas do meu Blog são escritas a partir de fontes específicas, jornais, revistas, sites, blogs, pessoas, etc. Estava faltando eu compartilhar com o leitor as minhas próprias experiencias em relação ao mundo dos negócios.
Por isso criei essa coluna. A cada dia que passa eu meu envolvo mais nesse meio e tiro dele muitas lições importantes tanto para a minha carreira profissional, quanto para a minha vida pessoal.
Então, a coluna que leva o nome da minha empresa, Tora Tora, irá trazer esses assuntos.
Começando hoje com um tema que me deixa muito irritado todos os dias, a cabeça do funcionário brasileiro.

Exemplo 1 :
Eu tenho um plano oferecido pela empresa NET de TV a Cabo e Internet. Um dia eu me interessei em mudar de plano, para um outro com mais canais, então eu liguei lá para me informar das promoções, preços e informações sobre o pacote oferecido.
Quando eu perguntei para a vendedora quais canais eu iria ter, ela disse que não sabia, só sabia quantidade de canais, mas não sabia me informar quais eram.
Assim não dá, como eu vou comprar algo que eu não sei o que é?. Por isso eu mudei para o plano da concorrente, que ainda tem falhas no atendimento e no serviço, mas pelo menos seus funcionáris sbaem o que estão vendendo.
Quando você for se inscrever em um processo seletivo de alguma empresa, seja para um cargo de estagiário, trainee, temporário ou permanente, você envia um curriculo onde lá estará escrito suas cterísticas, dependendo do cargo desejado, tais como:

  • Comunicativo;
  • Capacidade de Liderança;
  • Trabalho em grupo;
  • Responsável;
  • Atencioso;
  • Prestativo;
  • Organizado;
  • Pontual, etc.
Ok, analisando os canditados, os empresários percebem que encontraram a pessoa que estavam procurando, o funcionário ideal, mas onde eles estão? Após contratá-los todo aquele esforço que ele demonstrou na entrevista, na dinâmica de grupo, na elaboração daquele currículo vai por água abaixo.
Exemplo 2:

No projeto do terminal de auto-atendimento da minha empresa nós colocamos um teclado de 6 botões laterais que vão no monitor, parecido com aqueles dos caixas eletrônicos de bancos. Então começamos a ir atrás de um fornecedor.
Eu achei um que fornece para o Banco do Brasil em São Bernardo do Campo - SP.
Liguei lá para fazer o pedido:
- Olá, eu gostaria denviar o desenho do teclado para vocês fabricarem com 6 botões.
- Senhor, para fazer o orçamento é necessário que o Sr. me informe o código da tecla que deseja
- Entendi, você pode me enviar então um catálogo, pois no site eu não encontrei o código para escolher, encontrei somente a foto, é a mesma tecla usada no modelo Tc1008.
- Nós não temos um catálogo, o código você encontra atrás do conjunto de botões.
- Mas eu não tenho nenhum conjunto, essa é a primeira vez que eu compro com vocês.
- O problema é que eu não tenho como solicitar um orçamento, sem ter o código da tecla senhor.
- Mas é identico, a mesma, tecla utilizada no caixa do BB.
- Mas eu preciso do código do botão para fazer o pedido
Ai irritado já eu disse:

-Ok, então eu vou até uma agência do Banco do Brasil com uma marreta para destruir um caixa eletrônico deles e ver qual é o código da tecla que eu quero.

Claro que eu não falei assim com ela, mas era a minha vontade. O que eu encontro nas empresas em que eu tenho contato são pessoas que não penssam no negócio como um todo, não sabem que se seu papel for feito com competência serão recompensadas. Essas pessoas pensam apenas em seu próprio umbigo, fazem da sua função, o mínimo possível, e com isso o único ser prejudicado é ele mesmo.

Se você trabalha em algum lugar pense nisso, não leve nas coxas as suas tarefas, tente surpreender o seu chefe, inove, pense no negócio, faça por merecer um aumento de salário, uma promoção ou pelo menos uns dias a mais de folga para viajar ou descançar.

Pergunte-se pelo menos se você está preparado para o mínimo que o seu cargo exige e isso não quer dizer se você tem ou não a formação em uma escola conceituada, mas sim se você tem vontade de ser o melhor um dia, você precisa desse trabalho? Então mereça-0.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

No Mundo dos negócios, as aparencias enganam !

Se você fosse uma pessoa muito rica, afim de investir em um novo negócio. E esse gupo de amigos te procurasse contando sobre um projeto novo e falassem que poderiam lucrar bilhões com o seu produto..

Quanto você investiria?

ou melhor... Você investiria seu dinheiro nessa empresa?



Bom, sei que muito jamais dariam um centavo sequer para essa turminha ae...

Maass.... se isso acontecesse estariam perdendo uma boa oportunidade.

Essa equipe, é nada mais nada menos que os fundadores da Microsoft.

Esse menino à esquerda é o Bill Gates, o homem mais rico do mundo :)

Bom... realmente, as aparencias enganam...

Dicas - Como alcançar O Sucesso ?

A Coluna DICAS de hoje está muito interessante, com um tema bem legal para ser discutidos por nós jovens interessados no mundo dos negócios, em trabalhar algum dia em uma grande empresa, em ter um cargo de executivo, ou em empreender e fundar seu próprio negócio.

O segredo do sucesso é ter coragem e disposição para trabalhar, investir em um sonho de alguma maneira, seja em dinheiro, em projetos, em criatividade, em trabalho ou em desafios.
Independente de quem está junto com você ou de quem está na sua frente, você deve saber que para alcançar o sucesso é necessário muito trabalho, pois sem esforço não será possível.

Você precisará superar muita gente, muitos preconceitos própiros, tirar idéias colocadas em sua mente para assim poder enxergar o caminho certo.

Muitas oportunidades batem na sua porta todos os dias, mas são poucas as pessoas que percebem, e dessas são poucas que tentam, e dessas são poucas que realmente tentam, e dessas são pouquíssimas que conseguem. E por que?, simplesmente porque elas acreditaram até o Fim.

Como disse um sábio: O primeiro passo a se fazer em um negócio, é acreditar nele.

Em uma reunião com um grupo de empresários brasileiros, alguns deles com negócios na China e na Itália, eu comentei sobre o tanto de gente que gostaria de ter sua propria empresa, que tem realmente uma boa idéia em mente, mas que não a coloca em prática e acaba perdendo a chance.

Um dos empresários, que possui 9% das vendas de celulares VIVO das Casas Bahia, disse que quando alguem o vê em seu carro importado, fala assim:

- Poxa que cara sortudo, tem um carrão desses que vida boa.

Ai ele comentou que as pessoas acham que foi sorte, que foi de um dia pro outro, mas que não sabem o tanto que ele ralou pra consegui chegar onde ele chegou , não foi sorte:

Ele me disse em tom de brincadeira: "Eu levei 20 anos pra ficar rico de um dia pro outro"

hehehehe...

Ou seja, é preciso muuuuuuuito trabalho para chegar onde ele chegou.

Vou deixar aqui algumas frases que comprovam o meu post:

O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário.
Albert Einstein

Se você cair 7 vezes, levante-te 8.
Provérbio Chinês


Há mais pessoas que desistem do que pessoas que fracassam
Henry Ford


Onde quer que você veja um negócio de sucesso, pode acreditar que ali houve, um dia , uma decisão corajosa
Peter Drucker



Dou nota para quem tem uma boa idéia e nota 10 para quem tem uma boa idéia e implementa.
Fernando Tigre, executivo

Pesquisas do Google ajudam a prever o futuro

Todos os leitores do meu blog sabem que eu sou fãn de empresas inovadoras e modernas, ainda mais quando criadas por jovens e baseadas em idéias simples e geniais que se tornam essenciais para o mundo e mudam a vida e os costumes das pessoas do mundo inteiro. É nisso que a minha empresa aposta e é nisso que a Google apostou um dia.

Esse é o segundo post que eu cito o Google, na primeira vez eu contei sua história completa na coluna MUNDO e agora a coluna TECNOLOGIA traz dados interessantes sobre o maior e mais usado site de buscas do planeta.




Pesquisadores do Google demonstraram que os termos usados nas pesquisas do maior mecanismo de busca do mundo podem não apenas mostrar o que as pessoas estão fazendo, o que as está preocupando e no que estão pensando, como também pode revelar o futuro.
Os pesquisadores Hyunyoung Choi e Hal Varian juntaram a estatística dos termos mais procurados no Google, relacionados a áreas como viagens e vendas de imóveis, com os modelos que os economistas normalmente utilizam para prever o que vai acontecer nesses mercados.
O resultado foi uma melhoria substancial no poder de previsibilidade dos modelos econométricos, que passaram a prever melhor o que acontecerá nos próximos meses em cada um dos mercados estudados.

O grande problema das Ciências Humanas

Uma das grandes dificuldades enfrentadas pelas Ciências Humanas é que o estudo das pessoas exige que se ouça essas pessoas. Além do tempo, do custo e da dificuldade de ouvi-las, montando amostragens estatísticas verdadeiramente representativas, é virtualmente impossível garantir que as pessoas estejam sendo sinceras ao responderam aos questionários.
Isso tem feito com que os cientistas vejam com entusiasmo os dados registrados pelos mecanismos de buscas, pelas lojas virtuais e pelos diversos tipos de sites de relacionamentos porque eles permitem que se analise o que as pessoas estão de fato fazendo e como elas pensam, sem o viés normalmente verificado nas entrevistas e nas pesquisas.

Prevendo o futuro com o Google

Contudo, esta é a primeira vez que se demonstra que os mecanismos de buscas também poderão ser utilizados para se prever o futuro, sobretudo da economia.
Segundo a revista New Scientist, cientistas do Google já haviam demonstrado anteriormente ser possível utilizar os dados de buscas do mecanismo para prever surtos de gripe.

Já o economista Erik Feyen, do Banco Mundial, afirmou o modelo usado pela instituição para prever a inadimplência (falta de pagamento) no setor privado teve seus erros diminuídos em 15% com a utilização de dados dos mecanismos de buscas associados com pagamentos e renegociações.

Novamente segundo análise da New Scientist, análises dos dados dos mecanismos de busca feitas em tempo real poderão ser ainda mais poderosas na previsão do futuro: saber o que as pessoas estão de fato fazendo num determinado instante, e não apenas intencionando fazer, é um indicador forte e seguro de consequências que se seguirão no futuro.

terça-feira, 19 de maio de 2009

Nova Multinacional será a Gigante dos Alimentos


A coluna ACONTECEU ! de hoje vai falar sobre uma notícia que está movimentando a economia do país.
Vamos apresentar duas das maiores empresas de alimentos do Brasil, conhecidas e apreciadas por todos:


Empresa: Perdigão S. A. com 59 mil funcionários
HistóricoNegrito: Fundada em 1934 por imigrantes italianos em Videira - SC
Valor de Mercado: 8,2 Bilhões em 2007 e 6,3 Bilhões em 2008
Lucro Líquido: R$ 321 Milhões (2007) e R$ 54 Milhões (2008)



Empresa: Sadia S. A. com 60 mil funcionários
Histórico: Fundada em 1944 por Attilio Fontana com aquisiçao do frigorífico Concórdia em Concórdia-SC
Valorde Mercado: R$ 6,9 Bilhões em 2007 e R$ 3,4 Bilhões em 2008
Lucro Líquido: R$ 689 Milhões (2007) e -R$ 2,5 Bilhões (Prejuízo de 2008)

Brasil Foods
( Sadia e Perdigão Juntas)






Segundo executivo, Brasil Foods buscará crescer no mercNegritoado externo.Perdigão ficará com 68% de participação, enquanto a Sadia terá 32%
A nova empresa foi apresentada por Secches como "a grande multinacional brasileira de alimentos brasileiros processados". Furlan emendou que a BRF poderá ser, no curto prazo, "o maior exportador de carne processada do mundo". A Brasil Foods, entretanto, terá apenas a função institucional, sem a função de substituir qualquer das marcas do grupo.

No esquema desenhado para a fusão, a Brasil Foods será a sucessora da Perdigão. Os acionistas das duas empresas se tornarão acionistas da BRF e a Sadia se tornará, em um primeiro momento, subsidiária da nova empresa. Durante esse período, Sadia e BRF terão conselhos compostos pelos mesmos membros.

Sadia e Perdigão chegaram a trabalhar juntas no início da década na Brazilian Foods, uma associação para o mercado externo que não vingou. Em 2006, a Sadia, então maior, lançou oferta pela Perdigão. Desde então, a Perdigão comprou concorrentes menores e avançou em lácteos, com a incorporação da Eleva e da Batavo, ganhando tamanho.


Marcas e Mudanças
Para apresentar a nova empresa ao público, e assegurar que os produtos que ele conhece continuarão no mercado, a Brasil Foods colocará no ar a partir desta quarta-feira (20) uma campanha publicitária estrelada pela atriz Marieta Severo (do seriado "A Grande Família", da TV Globo).

Já a atual estrela da campanha da Sadia - personagem que zomba das demais marcas - deve perder espaço: "O Juvenal vai embora ou vai mudar de foco", disse o executivo da Sadia. "O tempo da alfinetada acabou, agora é só amor", brincou Nildemar Secches.

"A BRF vai dar a face para os segmentos institucionais. As marcas têm sua vida, sua comunicação própria. Vamos continuar com Perdigão, Sadia, Qualy, Doriana, Batavo", ressaltou o executivo da Perdigão.

"No mercado interno, as marcas hoje e sempre vão continuar. São marcas com um grande conhecimento." "Do ponto de vista comercial, os consumidores não vão sentir nada no dia seguinte, todas as marcas estarão lá", acrescentou Furlan.

No mercado externo, o presidente do Conselho da Perdigão afirma que será feito um estudo para definir qual segmento será explorado por cada uma das denominações.

De acordo com dados divulgados durante a entrevista, Sadia e Perdigão operam cJustificaromercialmente em 110 países. "Quase metade do nosso faturamento vem do exterior", afirmou Secches. A nova empresa já nasce líder em alimentos processados no país, com cerca de 120 mil funcionários.O presidente dos Conselhos de Administração de Perdigão e Sadia, Nildemar Secches e Luiz Fernando Furlan, anunciaram oficialmente em entrevista nesta terça-feira (19), em São Paulo, a criação da Brasil Foods (BRF), resultante da fusão das duas empresas.O presidente dos Conselhos de Administração de Perdigão e Sadia, Nildemar Secches e Luiz Fernando Furlan, anunciaram oficialmente em entrevista nesta terça-feira (19), em São Paulo, a criação da Brasil Foods (BRF), resultante da fusão das duas empresas.




Nova camisa do corinthians já com a Logo Marca da Brasil Foods
A decisão sobre a fusão ainda será tomada pelos executivos de ambas as empresas e deve passar pelos orgãos competentes do governo sobre concorrência. Porém esperoq eu ocorra com sucesso para o Brasil ter mais uma multinacional com potencial que entrará no ranking das maiores empresas de alimentos do mundo.

sábado, 16 de maio de 2009

A História do mundo encantado da Disney.


O Colunas de Hércules enlouqueceu?, um blog de negócios falando sobre desenhos, mundo encantado, fantasias, filmes e entretenimento?
Exato, esse setor da economia é um dos mais valorizados mundialmente e a Disney, formalmente conhecida por The Walt Disney Company e Disney Enterprises Inc., é a maior empresa de mídia e entretenimento do mundo.
Fundada em 16 de Outubro de 1923 por Walter Elias Disney e seu irmão Roy Oliver Disney como um estúdio de animação, é hoje a maior empresa de mídia e entretenimento do mundo. O quartel-general administrativo da empresa estão localizados em Burbank e Los Angeles. O conjunto de prédios administrativos em Burbank chama-se Disney Team. A Disney teve lucros de US$ 31 bilhões em 2006.

Sede Disney - Disney Team, Burbank

Seus estúdios de filmes incluem:
  • -Walt Disney Pictures
  • -Touchstone Pictures
  • -Hollywood Pictures
  • -Miramax Films
  • -Dimension Films
  • -Disneynature
  • -Pixar
 Desde 1996, a Disney também é dona de canais de televisão:
  • American Broadcasting Company (ABC), a maior rede de televisão dos Estados Unidos
  • Disney-ABC Networks
  • ABC Television Network
  • ABC Entertainment
  • ABC Daytime
  • ABC News
  • ABC Sports
  • ABC Kids
  • ABC Studios American Bradcasting Company Radio (72 estações nos E.U.A. incluindo Radio Disney, ESPN Radio e ABC News Radio)
  • Canais a Cabo ESPN
  • Disney Channel
  • ABC Family
  • Lifetime Entertainment Services
  • A&E Television Networks
  • E! Networks
  • Playhouse Disney
  • Jetix International.
  • SoapNET.
  • History Channel.
Disney XD Ainda possui outros negócios como:
  • Walt Disney Records
  • Mammoth Records
  • Lyric Street Records
  • Hollywood Records
  • Disney Vacation Club
  • Restaurantes ESPN Zone
  • Hyperion Books
  • Disney Publishing Worldwide
  • Walt Disney Cruise Lines.
E ainda o seu negócio mais conhecido, os parques temáticos e seus complexos turísticos: 
  • 1- Disneyland Resort: que é constituido por 2 parques temáticos: Disneyland Park e o Disney's California Adventure. Possui 3 hotéis em sua propriedade e um complexo de vida noturna: Downtown Disney. É o único Resort que Walt Disney viu aberto.
  • 2- Walt Disney World Resort: é o maior destino turístico do mundo, com 4 parques temáticos: Magic Kingdom, EPCOT Center, Disney-Hollywood Studios, e o Disney's Animal Kingdom. Além de 2 parques aquáticos, centro de vida noturna (Dowtown Disney), mais de 22 hotéis e muito mais.
  • 3- Tokyo Disneyland Resort: Foi o primeiro complexo de parques a abrir fora dos Estados Unidos. É controlado pela Walt Disney Company em pareceria com a empresa OrientalLand. Possui dois parques: Tokyo Disneyland Park e o Tokyo DisneySea.
  • 4- Disneyland Resort Paris: Possui dois parques temáticos: Disneyland Park e o Walt Disney Studios, e um centro de vida noturna: Disney Village. O Disneyland Resort Paris recebe mais visitantes do que qualquer outro ponto turístico da Europa. Possui mais visitantes do que a própria Torre Eiffel.
  • 5-Hong Kong Disneyland: É controlado pela Walt Disney Company e o governo de Hong Kong. Está na ilha de Lantau, na China e foi inaugurado em 2005. Possui por enquanto apenas um parque: Hong Kong Disneyland Park e 2 hotéis.
E por ultimo nesse setor de entretenimento o grupo ainda tem a sua própria empresa de viajens:


Disney Cruise Line: Inaugurada em 1998, atualmente opera com 2 navios: Disney Wonder e Disney Magic. Os navios foram construidos na Itália, pelo estaleiro veneziano Fincantieri.

A disney ainda vende muitos produtos com sua marca e seus desenhos animados o que aumenta a cada dia a sua fortuna.

Em outros negócios a empresa também é dona do time de hóquei Mighty Ducks of Anaheim 
Bom... acho que os convenci de que esse mundo encantado é bem maior do que as pessoas imaginam :)


Ganhamos o Top 2
Concorra a um Notebook
Obrigado a Todos que votaram no prêmio em 2010
Siga no Twitter: @Adriano_no

Brasil cai em ranking mundial de inovação !


A economia do Japão é ainda a mais inovadora do mundo, mas a da China é a que mais subiu em dois anos, enquanto a do Brasil caiu um posto, de acordo com relatório publicado hoje pelo "Economist Intelligence Unit" (EIU), que avalia as 82 economias com mais avanços tecnológicos de 2004 a 2008.

Segundo o estudo, elaborado pela divisão de inteligência da revista "The Economist", o Brasil caiu da 48ª para a 49ª posição, em relação há dois anos, quando foi analisado o período 2002-2006.
Já a China, pulou da 59ª para 54ª colocação do índice, um avanço que o grupo esperava que fosse alcançado somente após cinco anos.

O relatório classifica como "impressionante" a melhora da China em tão pouco tempo e considera que esta subida responde aos esforços chineses em construir uma economia mais inovadora através de um forte investimento em pesquisa, desenvolvimento e educação.
O diretor da América da EIU", Nigel Holloway, disse, no entanto, que para a China "manter este momento (de crescimento) terá que prestar atenção a fatores como uma frágil proteção da propriedade intelectual, a restrição no fluxo de ideias científicas e excessiva burocracia".

A análise -que coloca Japão, Suíça, Finlândia, Estados Unidos e Suécia nos cinco primeiros postos - ressalta que os mercados emergentes estão conseguindo avanços tecnológicos, mas que o mundo desenvolvido ainda domina neste terreno, especialmente o Japão e a Suíça.
Nos próximos cinco anos haverá mais avanços entre os países emergentes, mas os desenvolvidos não perderão suas posições de liderança, especifica a EIU.

Para elaborar o estudo, o grupo mede a inovação dos países em virtude do número de patentes concedidas nos diferentes países nações por parte das agências de patentes dos Estados Unidos, da União Europeia e do Japão, assim como o nível de pesquisa e desenvolvimento e da capacidade tecnológica da força de trabalho dos países.


A Índia é outra economia que está melhorando, já que passou do 58º para o 56º lugar, e se espera que chegue ao 54º na análise do período 2009-2013.
Assim como o Brasil, porém a Rússia, caiu -da 36º para a 39º colocação- no ranking de inovação da "Economist".

A EIU espera ainda que os Estados Unidos caiam da quarta para a quinta colocação no período 2009-2013, inclusive porque seu relatório adverte que a atual crise econômica global afetará a capacidade inovadora de muitas economias.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

O Maior IATE do mundo !


A coluna vida, aquela mesmo que serve, pelo menos pra mim, como fonte de inspiraçao para eu continuar emprendendo, traz hoje um luxo das águas: O Iate mais luxuoso do mundo e um dos mais caros


OCTOPUS

Esse monstro luxuoso pertence ao bilionário, um dos fundadores da microsoft, Paul Allen. Além do que essas máquinas tem em comum como confortos dignos de mansões, com luxo e sofisticação, aposentos divididos, cozinha, sanitários ricos, ar-condicionado, praticamente hotéis de luxo flutuantes, esse OCTOPUS como é chamado, possui diferenciais por ser o maior Iate existente no planeta



O iate de 210 pés (70m) já esteve em Angra dos Reis (RJ) durante o carnaval de 2004.

O Iate conta com 18 suítes, 8 cabines para tripulação, 5 salas, sendo uma delas de jantar com mesa para 24 cadeiras,1 biblioteca, 1 cyber café, 1 piano bar, 1 campo de mini-golf, 1 cinema com capacidade para 150 pessoas, 6 decks (andares),2 pistas de boliche e muito mais.


Possui também 2 lanchas salva-vidas, 12 jet-skis, 4 jet-boats, 8 scooters, 1 limosine, 1 pista de pouso para aeromodelos, 2 helipontos, 2 piscinas, 1 academia completa, 1 quadra de squash, 1 sauna e 1 quadra poliesportiva.


Quanto custa??
Uma singela quantia...
470 milhões de Dólares
Não perca tempo, e compre :)

Inovação na AHR Expo 2009

Há tempos eu não escrevo na coluna VAREJO não interessante para muitas pessoas, porem esse setor que movimenta 237 bilhoes de reais por ano no Brasil é uma área muito interessante, aberta a inovaçoes e cheias de oportunidades para os empreendedores.

O Destaque de hoje é o Conversor de Freqüência específico para supermercados que ganhou o prêmio de Inovação na AHR Expo 2009

Um júri formado por engenheiros da ASHRAE escolheu a Danfoss para receber o prêmio de Inovação de Refrigeração na AHR Expo 2009, a mais importante feira de Refrigeração e Ar Condicionado do mundo. O produto que recebeu a homenagem foi o conversor de freqüência recém desenvolvido para aplicações em compressores, bombas e ventiladores que economiza energia, pois essas são as aplicações mais comuns e que consomem mais energia na refrigeração de supermercados.

“No desenvolvimento do AKD 102, nós trabalhamos junto à profissionais do ramo de varejo de alimentos para criar um conversor que seja configurado e comissionado com o uso de termos comuns de refrigeração e lógica ao invés dos “computadores” que encontramos em outros conversores,” disse David Hebel, Gerente de Desenvolvimento Comercial da Danfoss na América do Norte.

Hebel demonstrou a configuração Setup Wizard do conversor que faz o trabalho do instalador, um processo confortável com o uso de linguagem familiar aos técnicos em refrigeração. Cada acionador na série AKD 102 series, de 1,5 a 125 HP, usa o mesmo manual e configuração Setup Wizard. Os técnicos utilizam métodos idênticos para configurar, comissionar, ajustar e solucionar problemas com cada conversor. Isto foi visto como uma vantagem positiva pelos profissionais da indústria de alimentos, que costumam ter várias aplicações de diferentes tamanhos em uma única instalação.

Em aplicações de refrigeração, o AKD 102 constantemente combina a saída do compressor com a demanda, resultando em maior coeficiente de desempenho (COP). “Com o AKD 102, não há desperdício de energia,” disse Hebel. As bombas e ventiladores tornam-se oportunidades atraentes para a economia de energia com o AKD 102 porque consomem energia segundo a Lei da Afinidade. Este princípio da física afirma que, quando a energia é usada para acionar um eixo rotativo, o uso de energia é proporcional ao cubo da velocidade do eixo. Combinando a carga, os ventiladores projetados para carga de pico podem ter desempenho bem-sucedido em velocidade reduzida aproximadamente em 85% do tempo.

A redução da velocidade da bomba e do ventilador resulta em uma considerável economia de energia. O Prêmio para o acionador AKD 102 elevou para sete o número de prêmios que a Danfoss levou para casa no mesmo número de anos, um recorde inédito. A Danfoss é também a primeira empresa a receber dois Prêmios de Inovação em um ano. O segundo prêmio foi por ter desenvolvido o compressor de voluta Apexx VSH de velocidade variável R-410A para ar-condicionado comercial.

TOP BLOG - Ajude o Colunas !!!

Prêmio Top Blog
O Blog Colunas de Hércules está participando do Prêmio Top Blog 2009, concorrendo na categoria TECNOLOGIA.
Você que gosta do meu blog, e gostaria de colaborar , basta clicar na imagem ou no banner do prêmio para votar no Colunas de Hercules.
conto com sua ajuda
Obrigado

terça-feira, 12 de maio de 2009

AS 100 Maiores Invenções da História

Coluna Livros apresenta:

AS 100 Maiores Invenções da História



Reunidas pela primeira vez num único e abrangente volume, aqui estão AS 100 MAIORES INVENÇÕES DA HISTÓRIA -o fascinante relato de como elas foram criadas e o impacto que tiveram na vida das pessoas. Pense nisso! O que faríamos se não tivéssemos :
  • O AVIÃO
  • O RELÓGIO
  • A RODA
  • A TELEVISÃO E O RADIO
  • A ANESTESIA
  • LASER
  • A BICICLETA
  • A PÓLVORA
  • A PILHA
  • O REFRIGERADOR
  • O COMPUTADOR
Da invenção aparentemente simples que tornou o transporte terrestre possível aquela extremamente sofisticada que nos permitiu cruzarmos oceanos sem tocar na água, TOM PHILBIN apresenta 100 relatos surpreendentes e inspiradores que vão nos fazer lembrar quão longe chegamos, assim como as incríveis realizações de que a humanidade e capaz.

Editora: Difel
Autor: TOM PHILBIN
Origem: Nacional
Número de páginas: 416
Acabamento: Brochura
Formato: Médio
Quer comprar? Clique aqui
:)

domingo, 10 de maio de 2009

O Poder da Negociação...

A coluna Dicas traz um texto muito interessante e inspirador para quem está ou pretende seguir uma carreira onde é necessário lidar com pessoas, ter idéias, negociar, convencer, manipular, etc.

O Poder da Negociação

Pai: Filho, eu quero que você se case com uma moça que eu escolhi.
Filho: Mas pai, eu quero escolher a minha mulher.
Pai: Meu filho, ela é a filha do Bill Gates.
Filho: Bem, neste caso eu aceito.

Então o negociador foi encontrar o Bill Gates.

Pai: Bill, eu tenho o marido para a sua filha.
Bill Gates: Mas minha filha é muito jovem para se casar.
Pai: Mas esse jovem é vice presidente do Banco Mundial.
Bill Gates: Neste caso eu aceito.

Finalmente, o negociador vai ao Presidente do Banco Mundial.

Pai: Sr. Presidente, eu tenho um jovem que é recomendado para ser vice-presidente do Banco Mundial.
Pres. do Banco Mundial: Mas eu já tenho muitos vice-presidentes, inclusive mais do que necessito.
Pai: Mas Sr., este jovem é genro do Bill Gates.
Pres. do Banco Mundial: Neste caso ele está contratado.

Moral da estória: Não existe negociação perdida. Tudo depende da estratégia

Bem vindo à Bolsa de Valores

Livro: Bem vindo à Bolsa de Valores




A Coluna Livros de hoje traz um livro muito interessante para quem gostaria de iniciar investimentos na bolsa de valores BOVESPA. O legal do livro é que ele trata o tema de uma forma simples e prática para qualquer pessoa, até mesmo quem não tem a mínima noção de como investir em ações.


Editora: Novo Conceito
Autor: MARCELO C. PIAZZA
Ano: 2009
Número de páginas: 200
Acabamento: Brochura
Formato: Médio

PREÇO: R$ 10,00 (No Submarino)

Você já pensou em investir em ações, mas desistiu só de imaginar a agitação e o universo, aparentemente incompreensível, da Bolsa de Valores? Achou que era preciso ter muito dinheiro para começar? Então saiba que investir em ações é um processo simples, independente e que qualquer pessoa pode participar desse mercado. O livro Bem-Vindo à Bolsa de Valores, escrito para iniciantes, ajudará a compreender o mecanismo dos investimentos de forma fácil e rápida, para que você consiga comprar e vender ações pela internet.

  • Invista sem complicação e com qualquer quantia;
  • Realize bons negócios comprando papéis de empresas como Petrobras, Natura, Submarino, Vivo, Vale, Lojas Americanas, etc.
  • Participe ativamente da abertura de capital das novas empresas relacionadas na Bolsa de Valores;
  • Saiba como proteger seu dinheiro das grandes oscilações de preços;
  • Acerte em cheio na escolha do home broker mais adequado ao seu perfil de investidor;
  • Faça parte do mercado que pode render 10, 20, 30 vezes mais do que a poupança ou os fundos de renda fixa.

sábado, 9 de maio de 2009

Conhece a História do Silvio Santos ? Fatos e Curiosidades

Silvio Santos


Sílvio Santos, pseudônimo de Senor Abravanel, (Rio de Janeiro, 12 de dezembro de 1930).
Patrimônio: R$ 876 milhões
Possui 36 empresas que movimentam R$ 1,6 bilhões por ano.


Vejas as TOP 10 :
  • Liderança Capitalização R$ 534 milhões
  • SBT R$ 479 milhões
  • Banco Panamericano R$ 262 milhões
  • BF Utilidades Domésticas R$ 173 milhões
  • Panamericano serviços Ltda. R$ 63 milhões
  • Vimave Veículos R$ 39 milhões
  • Panamericano Arrendamento Mercantil S/A R$ 28 milhões
  • Panamericano Seguros S/A R$ 10 milhões
  • TV Alphaville R$ 8 milhões
  • Panamericano Administradora de Cartões de Crédito S/C Ltda R$ 8 milhões

A Infancia





Silvio nunca foi tão pobre quanto se comenta, ele vem de uma família de classe média. Seu pai , Alberto Abravanel, era proprietário de uma loja de artigos para turistas.








Aos quatorze anos começou a se destacar a sua visão para os negócios. Observando um camelô da cidade do Rio de Janeiro chamado "Seu Augusto", Sílvio começou a vender capas de plástico para título de eleitor e, logo depois, canetas-tinteiro. Seu sucesso nas vendas fora atribuído à sua capacidade de mesclar números de mágica e diversões com vendas, que ele fazia no horário de almoço do guarda em serviço na esquina da Avenida Rio Branco com a Rua do Ouvidor. Logo partiu para a radio continental.




Todos os dias, Sílvio voltava da rádio na última barca da noite. Nesta viagem ele sentia falta de algo para entreter os passageiros durante a viagem; foi quando teve a idéia de montar na barca um serviço de rádio. Para tanto, pediu a colaboração de diversos comerciantes do centro da cidade do Rio de Janeiro que, em troca da doação da aparelhagem de rádio, tinham o direito de anunciar gratuitamente nas barcas.


Silvio Santos é a pessoa que mais paga imposto do Brasil
+/- R$ 15 milhões por ano.
Daí, Sílvio passou a vender os anúncios para o serviço nas barcas. Isto despertou em Sílvio a vocação de empresário. Sílvio teve a idéia de montar um bar na barca para a venda de refrigerantes e cerveja e, ainda, começou a organizar um bingo dentro da barca, uma prévia do jogo que viria futuramente fazer na televisão. O negócio deu tão certo que Sílvio passou a ser um dos maiores vendedores de uma grande cervejaria de São Paulo, e foi convidado a visitar a fábrica. Assim começou a história de Sílvio Santos na capital paulista.


Em São Paulo, Sílvio começou a trabalhar em circos, apresentando espetáculos e sorteios em caravanas de artistas. Ganhou 12 concursos de locutor e foi proibido de participar de mais.

Logo passou à televisão, adaptando o formato dos shows, espetáculos e sorteios que fazia no circo. Seu primeiro programa, Vamos Brincar de Forca, estreou em 1962 e era transmitido pela TV Paulista, à noite.


Paralelamente, Sílvio partiu para novos empreendimentos: adquiriu de seu amigo Manuel da Nóbrega o Baú da Felicidade, empresa que vendia baús de presentes de Natal para crianças mediante pagamento em prestações.


Quando a TV Paulista foi incorporada à Rede Globo, Sílvio seguiu pagando aluguel pelo seu horário dominical, revendendo o tempo dos anúncios a outras empresas. Na medida que aumentava o sucesso do Programa Sílvio Santos, Sílvio tinha ótimos resultados financeiros. Realizava sorteios de carros, móveis e eletrodomésticos, o que motivou a expansão dos negócios do grupo (Móveis Tamakavy, concessionária de veículos Vimave).


Porém, no início dos anos 70, Boni e Walter Clark, diretores da Rede Globo, promoveram reformas no padrão de qualidade da emissora, investindo em filmes, esporte, jornalismo e novelas. Para os executivos, o programa de Sílvio Santos destoava da grade de programação.



O apresentador quase saiu da emissora em 1972, mas o próprio Roberto Marinho o convenceu a ficar, renovando contrato por mais quatro anos. Por este contrato, Sílvio não poderia ser acionista ou dono de nenhuma outra emissora de televisão, o que motivou sua saída da Globo.


Dessa forma, a partir de 1976, Sílvio começou a comprar horários na Rede Tupi, assegurando a transmissão nacional de seu programa, ao mesmo tempo que lutava politicamente para obter seus próprios canais de televisão


No dia 22 de outubro de 1975, o presidente Ernesto Geisel assinou o decreto 76.488, outorgando a Sílvio Santos o canal 11 do Rio de Janeiro. Sílvio passou a transmitir seus programas simultaneamente na Tupi e na TVS (TV Studios).


Depois da falência da Rede Tupi, em 1980, o Programa Sílvio Santos em São Paulo foi transferido para a Rede Record. Durante os anos 80 Sílvio chegou a ser dono de 50% da emissora do empresário Paulo Machado de Carvalho. Todavia, Sílvio planejava ter uma rede nacional de televisão, produzir uma programação completa e usar o canal para seus sorteios e promoções.


Em 1981, através de um lobby com a primeira-dama Dulce Figueiredo, com quem tinha longas conversas por telefone, Sílvio Santos obteve a licença para operar o canal 4 de São Paulo, que se tornou a TVS da capital paulista. A partir das emissoras do Rio e de São Paulo, surgiu o embrião do SBT. A rede se expandiu rapidamente através de afiliações, mas o Programa Sílvio Santos continuava sendo transmitido simultaneamente pela Record, especialmente para alcançar o interior de São Paulo. A marca SBT passou a ser usada em toda a rede em fins dos anos 80.


Em 1988, Sílvio assegurou a permanência de Gugu Liberato no SBT, cobrindo uma proposta da Globo.


Segundo a pesquisa Ibope, se Silvio Santos tivesse se candidatado à presidência em 1988 ele teria vencido com 28% dos votos
Também em 1988 Sílvio Santos propôs sua candidatura a prefeito de São Paulo. Considerando seus recentes problemas de saúde, Sílvio anunciou sua intenção como forma de retribuir à sociedade todas as suas conquistas como apresentador e homem de negócios. O anúncio foi feito durante um dos quadros do Programa Sílvio Santos; o episódio foi amplamente repercutido pela imprensa. A candidatura, contudo, não se concretizou.
Em 1990, Sílvio Santos e Paulo Machado de Carvalho vendem a Rede Record para Edir Macedo. Neste momento, Sílvio já tem o SBT consolidado nacionalmente, o que tornava desnecessária a retransmissão do Programa Sílvio Santos pela Record. Segundo se conta, Sílvio não queria vender a sua parte da Record, mas foi convencido a isto depois de uma conversa telefônica com o presidente Fernando Collor de Mello.
Silvio Santos já apresentou 125 programas diferentes

TOP 10 POSTAGENS MAIS LIDAS

Receba nossos artigos por e-mail:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More